Editorial – BIOINFO #03

627
1

A Revista BIOINFO é a primeira revista brasileira voltada a publicação de trabalhos de divulgação científica em bioinformática e biologia computacional, publicada em língua portuguesa e voltada ao público universitário. De setembro de 2022 a setembro de 2023, a revista recebeu mais de 24 mil visitantes únicos. No mesmo período entre os anos de 2021 e 2022, o número de visitantes foi um pouco superior a 17 mil, o que indica um aumento de mais de 40% no total de acessos. Todos esses fatores destacam a importância que a revista adquiriu recentemente. 

Nesta terceira edição, 26 artigos foram aceitos para a publicação. Os artigos foram publicados em 12 principais categorias. A categoria com maior número de submissões foi Bioinformática Estrutural (8), seguido por Virologia (4), Tutoriais (4), Genômica (4), Evolução (2), Ensino (2), Sequenciamento (1), Transcriptômica (1), Biologia de sistemas (1), Bioquímica (1), Bancos de dados (1) e Computação (1).

A principal novidade foi a subcategoria Opiniões & Perspectivas (OP), que recebeu 11 artigos de até 1000 palavras. Essa subcategoria foi criada para atender autores que desejavam submeter manuscritos de único autor descrevendo visões pessoais de seus campos de pesquisa. 

A tabela a seguir apresenta os 26 artigos publicados na terceira edição da revista BIOINFO (ordenados por data de publicação):

# Categoria OP Artigo Autores
01 Ensino   Potencialidades do uso da bioinformática como ferramenta de ensino Francisco Bruno de SousaAntônia Natália PedroBianca Nascimento AraújoTarcisio José D. Coutinho
02 Genômica   Metagenômica e Amplicon: perguntas frequentes e respostas essenciais Sávio de Souza Costa 
03 Genômica x O problema da nomeação dos genes Izabela M. C. A. Conceição 
04 Virologia x O Código COVID: A investigação da pandemia da COVID-19 através da bioinformática Aline de Paula Dias da Silva
05 Genômica x Desafios na padronização da anotação genômica Diego Lucas Neres Rodrigues 
06 Virologia x Desafiando a resistência antimicrobiana: o potencial terapêutico da fagoterapia Bruna Espiño dos Santos
07 Genômica x A Bioinformática como aliada da Biotecnologia Agrícola Ariany Rosa Gonçalves
08 Virologia x A bioinformática na era pré e pós-pandemia Bibiana Sampaio de O. Fam
09 Sequenciamento x Uso do BLASTn na construção de primers Bárbara Rebeca de M. Pinheiro
10 Bancos de dados   Bioinformática na luta contra o câncer: os bancos de dados na pesquisa oncológica Thayanne T.  de S. S. CostaLara Vitória da Costa Bezerra
11 Bioinformática estrutural    Introdução à Biologia Estrutural de Proteínas Rafael Lemos,Paulo Henrique dos SantosAline Rocha   
12 Bioinformática estrutural / Tutoriais    Extração de Informações de Sequências e Estruturas de Proteínas Rafael Lemos,Paulo Henrique dos SantosAline Rocha
13 Transcriptômica   Um mundo dentro de nós: explorando a microbiota humana através da metatranscriptômica Aline de Paula Dias da SilvaMonique Cristina dos Santos 
14 Ensino   Bioinformática como uma ferramenta didática para o ensino da Genética Marcos Antonio N. de SousaJeniffer Gabrielly de S. PereiraAna Luíza Vieira SoaresAna Beatriz Braz dos SantosRicardo Henrique P. da SilvaArthur Moraes de MedeirosBruna Lima de AraujoFrancisca Vitória A. Nobrega 
15 Evolução x Lá e de volta outra vez: um pouco do passado, presente e futuro da evolução Tiago Cabral Borelli
16 Bioinformática estrutural    De onde vêm as proteínas? Alisson Clementino da SilvaBruno Rafael Pereira NunesJoicymara Xavier
17 Virologia   Vírus endógenos humanos: como analisá-los in silico? Juan Diego C. R. SampaioJoão Gonçalves da Costa NetoIsaac Farias Cansanção
18 Evolução x A Bioinformática e a Compreensão da Vida Thiago M. N. de Camargo
19 Biologia de sistemas x Visão Integrativa da Biologia de Sistemas Vitor Lima Coelho
20 Bioinformática estrutural  x A importância da docagem molecular no combate às bactérias multirresistentes Aline Sampaio Cremonesi
21 Bioinformática estrutural / Tutoriais   Re-docking Molecular Utilizando o PyMOL e AutoDock VINA  Luana Luiza Bastos,Giovana Fiorini
22 Bioinformática estrutural / Tutoriais   ColabFold: uma ferramenta web para modelagem de proteínas Giovana Fiorini, Luana Luiza BastosRafael Pereira Lemos 
23 Bioinformática estrutural  / Tutoriais   AlphaFold 2: revolucionando a modelagem de estruturas 3D de macromoléculas Vivian Morais PaixãoAngie Atoche PuellesEduardo Utsch M. MoreiraLuana Luiza BastosRaquel Cardoso de Melo-Minardi 
24 Bioinformática estrutural   Termodinâmica de Proteínas: como as proteínas se enovelam? Alisson Clementino da SilvaBruno Rafael Pereira NunesJoicymara Xavier 
25 Bioquímica   Avaliação ADMET de substâncias Artur Gomes Barros 
26 Computação   Perspectiva histórica de grandes eventos da ciência da computação e na biologia molecular: segunda guerra e guerra fria  Monique Cristina dos SantosAline de Paula Dias da Silva
Tabela 1. Artigos publicados na BIOINFO #03. OP indica os artigos publicados na categoria Opiniões & Perspectivas.

Comitê editorial

Nesta edição, o comitê editorial atingiu o maior número de participantes entre todas as edições. O comitê editorial é responsável pelo processo de revisão de artigos e pela decisão de publicação. Em média, nesta edição, cada artigo foi avaliado por dois ou mais revisores independentes. 

Membros atuais do comitê editorial:

Cabe ressaltar que o processo de decisão feito pelo editor atendeu ao parecer dos revisores. A taxa de aceitação para publicação da terceira edição foi de 81,25%. Apenas 18,75% dos artigos submetidos não atenderam aos critérios técnicos ou ao escopo da revista e, portanto, não puderam ser aprovados para a publicação nesta edição. Aos autores que não tiveram seus artigos publicados, recomendamos que confiram a lista de artigos publicados em edições anteriores da revista. Confiram também os artigos que descrevem nossa política editorial, política de ética e de conduta e licença de uso. Além disso, recomendamos como material externo de consulta o livro “Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular“, de Verli e colaboradores (2014). Destacamos que a revista BIOINFO continua aberta para submissões futuras. Para autores com artigos aceitos, leiam o artigo “Meu artigo foi aceito. E agora?”.

Comitê de mídias sociais

Por fim, é importante destacar o papel do comitê de mídias sociais para a divulgação do acesso à revista. O comitê de mídias sociais é responsável pela divulgação em redes sociais, como o Instagram, Linkedin e Facebook. A função deste comitê é atrair leitores e potenciais autores para futuras edições da revista. Nesta edição, o comitê atuou ativamente na divulgação de trabalhos publicados anteriormente e na chamada para novos autores. 

Membros atuais:

Considerações finais

Até a segunda edição, o modelo de publicação da Revista BIOINFO era baseado no registro como e-book, sendo cada artigo publicado como um capítulo de livro. No fim do ano de 2022, a Revista BIOINFO recebeu do CBISSN (Centro Brasileiro do ISSN) autorização para atuar como periódico acadêmico de divulgação científica com tiragem anual, recebendo o código ISSN 2764-8273. Portanto, a partir da terceira edição, as publicações serão indexadas como artigos. Por fim, estas serão compiladas em um e-book organizado pelos membros do comitê editorial.

Em nome do comitê editorial, agradeço a todos os leitores e autores pela confiança no trabalho desta revista e desejo a todos uma boa leitura.

Editor-in-chief: Diego Mariano

Revisão: Alessandra Lima

Cite este artigo

Mariano, DCB. Editorial – BIOINFO #03. BIOINFO. ISSN: 2764-8273. Vol. 3. p.00 (2023). doi: 10.51780/bioinfo-03-00

WRITTEN BY

Editor-in-chief

Editor-chefe do Portal BIOINFO. Mantido pelo comitê editorial, equipe administrativa e técnica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One thought on “Editorial – BIOINFO #03

Sair da versão mobile