Meu artigo foi aceito. E agora?

1069
1

Se o seu artigo acaba de ser aceito na Revista BIOINFO, parabéns!

Agora, vamos adicioná-lo no Lattes.

Agora que o processo de publicação terminou, você poderá encontrar o seu artigo em uma URL específica, como por exemplo: https://bioinfo.com.br/alphafold-e-a-busca-pelo-santo-graal-da-biologia-molecular/. Em um link semelhante a esse, você encontrará o código DOI de sua publicação. Com o DOI em mãos, você poderá registrar sua publicação no currículo Lattes, em servidores de compartilhamento como o ReserachGate, Academia.edu ou servidores de preprints, como o arXiv. O tutorial a seguir, ilustra como você pode fazer isso. Boa leitura!

Parte 1. Como adicionar um artigo no Lattes

Primeiro, precisamos obter o código DOI do seu artigo para importá-lo para o Lattes. Acesse a página Edição atual, que lista as edições da revista BIOINFO e vá até a edição em que seu artigo está publicado.

Selecione o código doi correspondente ao seu artigo e o copie:

Acesse a plataforma do Lattes em https://lattes.cnpq.br/ e faça login.

Clique no menu Produções e depois em Artigos completos publicados em periódicos.

Clique em Incluir novo item:

Cole o código do doi e pressione Confirmar:

Os dados do artigo serão automaticamente carregados:

Clique em Salvar.

Agora vamos enviar as alterações ao CNPq. Na página principal, clique na primeira opção no campo Avisos.

Na tela carregada, marque a opção Li e estou de acordo com a declaração acima (caixa amarela) e depois clique em Enviar ao CNPq.

Pronto!

O artigo deverá aparecer na seção Produções do seu currículo Lattes.

Parte 2. Adicionando livro e/ou capítulo da BIOINFO no currículo Lattes

Após o processo de publicação de um artigo na revista BIOINFO, você obterá o DOI da publicação: um código único que identifica e reconhece internacionalmente sua publicação. Com DOI você poderá registrar sua publicação na plataforma Lattes (que registra currículos de pesquisadores brasileiros). O DOI permite ainda que as citações a seu trabalho sejam mais facilmente reconhecidas.

Código DOI

O código DOI é identificável por dois valores numéricos principais:CÓDIGO_DA_EDITORA / ISBN Por exemplo, a segunda edição da Revista BIOINFO tem o seguinte DOI:10.51780/978-65-992753-5-7

Código da editora: 10.51780

ISBN: 978-65-992753-5-7

Para testar se o link está disponível, acesse:

https://doi.org/10.51780/978-65-992753-5-7

Cada capítulo tem seu próprio código DOI. Nesse caso, o padrão usa o DOI padrão da edição seguido de -XX, onde “XX” representa o código do capítulo.

CÓDIGO_DA_EDITORA / ISBN – CAPÍTULO

Por exemplo, o capítulo 1 terá o seguinte DOI:

10.51780/978-65-992753-5-7-01

Para registrar seu artigo no Lattes, acesse: https://lattes.cnpq.br/.

Clique em “atualizar currículo”:

Realize o login preenchendo seus dados de acesso. Você será redirecionado para a página de preenchimento do Lattes.

Registrando um livro

A seguir, clique em “produções > livros e capítulos”.

No exemplo a seguir, faremos o registro de um livro (note que os registros como livros são exclusivos para o comitê editorial e revisores, se você for autor de um artigo, vá para a seção “registrando um capítulo de livro”).

Clique em “incluir novo item”. Preencha o valor do DOI correspondente.

Agora, o Lattes deverá preencher automaticamente os dados da publicação:

Caso esses dados não sejam preenchidos automaticamente pelo Lattes, aguarde e tente novamente mais tarde. Em geral, o Lattes leva entre 24 e 72h para reconhecer a propagação dos dados do CrossRef após o registro do DOI. Por isso, o mais indicado é tentar novamente dois ou três dias após o registro.

Caso as informações vitais, como título, ISBN, DOI e home page do trabalho, tenham sido corretamente preenchidas pelo Lattes (note que não podemos editar essas informações), você deve completar as informações que faltam:

 

Registrando um capítulo de livro

No modelo atual de publicação, a BIOINFO registra cada edição como um livro digital e cada artigo como um capítulo desse livro.

Em teoria, os dados deverão ser carregados automaticamente do CrossRef. Entretanto, em alguns casos podem ocorrer atrasos na indexação. Portanto, pode ser necessário incluir os dados manualmente. Utilize as informações presentes no PDF final (geralmente, o arquivo disponibilizado no Google Books). Observe um exemplo:

Por fim clique em salvar. Você verá a seguinte mensagem.


Parte 3. Adicionando o artigo no ResearchGate

ResearchGate é uma plataforma social para compartilhamento de artigos científicos. A inclusão de artigos no ResearchGate melhora a probabilidade de indexação em plataformas como o Google Scholar. No tutorial a seguir, vamos adicionar submeter nosso artigo ao ResearchGate. Note que o tutorial servirá tanto para autores quanto para organizadores da edição.

Acesse sua página inicial e clique em “add new” ou em “add research”.

Você verá o seguinte menu:

Clique em “published research”.

Marque “book” se você foi um dos revisores ou organizadores da edição. Caso tenha sido um autor de um artigo, marque a opção “chapter”.

Faça o upload do arquivo “PDF”.

Marque as seguintes opções:

Para adicionar um capítulo, acesse a página correspondente a edição atual e clique na publicação desejada. Por exemplo:

Após acessar a página individual do artigo, vá até o final da página e faça o download do PDF do artigo (clique no botão “baixar” ou “download”):

Agora vá no ResearchGate e clique em “add” > “research” > “chapter”:

Preencha as informações correspondentes (note que o DOI terá dois números a mais, que correspondem ao número do capítulo na edição atual):

Algumas vezes o ResearchGate consegue identificar sua publicação. Nesses casos, você poderá ver uma tela identica a esta:

Marque o capítulo e clique em “select and continue”. Pronto! Seu artigo já está no ar.

Clique em “view chapter” para ver como ficará seu artigo.

Não se esqueça de clicar em “share” para compartilhar sua pesquisa em outras redes sociais.

Opcionalmente, você pode pedir que outros pesquisadores leiam, comentem e avaliem seu artigo. Caso eles gostem de sua publicação, pode ajudar bastante na divulgação que eles façam uma recomendação pública. Isso pode ser feito na página individual do artigo, clicando em “MORE > Recommend publicly”, da seguinte forma:

Quanto mais seu trabalho for recomendado, mais chances ele tem de ser citado.


Parte 4. Adicionando um artigo no arXiv (opcional)

Submeter o artigo a um servidor de pré-impressão (preprint) também pode auxiliar no processo de indexação.

Existem diversas plataformas para compartilhamento de preprints, como por exemplo:

A revista BIOINFO está sob uma licença de uso Creative Commons (CC BY-NC 4.0), portanto, não há problema em disponibilizar cópias do seu artigo em outros servidores. Na verdade, até mesmo recomendamos que isso seja feito, pois pode melhorar a indexação e aumentar as chances de citação (não se esqueça de incluir o código DOI ao realizar a submissão).

Por exemplo, a seguir veremos como fazer a inserção na plataforma arXiv. Infelizmente, as normas de uso do arXiv não permitem que façamos essa submissão por você. Portanto, caso tenha interesse em melhorar a indexação do seu artigo, sugerimos que você faça a sumissão manualmente.

Para isso, acesse o site do Arxiv disponível em https://arxiv.org/.

Clique em “Login” e digite seu usuário e sua senha:

Caso não tenha conta, clique em “register for the first time” e siga os passos para registro. Quando terminar o registro, volte novamente novamente na página de login e preencha os dados registrados.

Agora, você irá ser redirecionado para a página de configurações. Clique em START A NEW SUBMISSION.

Na página de submissão, comece concordando com os termos de uso. Leia-os com atenção!

Confirme que você é o autor, e marque a licença de uso:

Escolha uma categoria que seu artigo melhor se adeque e clique em continue.

Selecione o arquivo e clique em upload

Neste exemplo, enviamos um arquivo PDF denominado “10.pdf’. Note que neste arquivo só deve contar o seu artigo e mais nenhum outro.

Clique em “process file”.

Se você obtiver um erro similar a este:

Precisaremos realizar algumas mudanças no artigo para remover metadados do LaTex.

Abra o PDF em um navegador, como por exemplo, o Google Crhome. Clique no botão “IMPRIMIR” e no campo de DESTINO ou IMPRESSORA, marque a opção “Salvar como PDF”.

Dê um nome diferente para o arquivo, como “10_v2.pdf”:

Agora, volte a página anterior do arXiv, DELETE o arquivo submetido e envie o novo arquivo.

Mais uma vez clique em “process files”:

E você será levado a uma tela parecida com esta:

Clique em continuar.

A seguir, preencha os dados do artigo. IMPORTANTE: não se esqueça de preencher o campo DOI. Não faça o upload sem preencher esse campo. Preencha todos os dados da página de submissão, como no exemplo a seguir:

Clique em save and continue.

ATENÇÃO!

Note que precisaremos enviar o resumo do artigo em inglês. O arXiv permite que o artigo esteja em português, mas você deve obrigatoriamente incluir um resumo em inglês. Veja como está descrito na documentação:

Você será redirecionado a esta página:

Clique em view article e confira se está tudo correto.

Agora, volte a página inicial ou clique em “my account”. Seu artigo está com status “incomplete”. No campo actions clique sobre o ícone “update” (o caderno com um lapis por cima).

Adicione novas categorias opcionalmente. Por fim, clique em submit para confirmar o envio:

Pronto! Seu artigo ficará com status “processing” e em breve estará no ar.

Volte mais tarde para conferi-lo!

Editor-in-chief
WRITTEN BY

Editor-in-chief

Editor-chefe do Portal BIOINFO. Mantido pelo comitê editorial, equipe administrativa e técnica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One thought on “Meu artigo foi aceito. E agora?

  1. […] Cabe ressaltar que o processo de decisão feito pelo editor atendeu ao parecer dos revisores. A taxa de aceitação para publicação da terceira edição foi de 81,25%. Apenas 18,75% dos artigos submetidos não atenderam aos critérios técnicos ou ao escopo da revista e, portanto, não puderam ser aprovados para a publicação nesta edição. Aos autores que não tiveram seus artigos publicados, recomendamos que confiram a lista de artigos publicados em edições anteriores da revista. Confiram também os artigos que descrevem nossa política editorial, política de ética e de conduta e licença de uso. Além disso, recomendamos como material externo de consulta o livro “Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular“, de Verli e colaboradores (2014). Destacamos que a revista BIOINFO continua aberta para submissões futuras. Para autores com artigos aceitos, leiam o artigo “Meu artigo foi aceito. E agora?”. […]